fbpx
Microcimento: Respostas a 11 perguntas frequentes
02/10/2020 Microcrete

Microcimento: Respostas a 11 perguntas frequentes

Categoria: Microcimento
Microcimento

Apaixonámo-nos pelas características inovadoras do microcimento, uma solução diferenciadora em revestimentos. Como nós, cada vez mais pessoas se rendem a este material.

Na Microcrete, estamos sempre disponíveis para esclarecer as dúvidas colocadas ao longo do processo. Partilhamos consigo as respostas às perguntas mais frequentes.

1. O microcimento pode revestir superfícies de zonas de água, como bases de duche, lavatórios ou paredes de banheira? Requer impermeabilizações frequentes?

Sim, este material é uma excelente escolha para superfícies de casas de banho! A impermeabilidade é uma característica muito vantajosa do microcimento, tornando-o adequado até para o revestimento de piscinas e áreas de SPA.

Se as superfícies forem bem seladas na aplicação e não tiver havido nenhum acidente, é suficiente solicitar uma vistoria técnica após 5 anos, para confirmar se está tudo em conformidade.

Resta salientar que superfícies com problemas de humidade deverão ver esta situação resolvida antes de se proceder ao revestimento. A Microcrete poderá ajudar com soluções para a resolução destas questões.

 

2. Sobre que materiais pode ser aplicado o microcimento Microcrete Excelência?

Funciona como revestimento de um enorme leque de materiais – pedra, cimento, betonilha, mármore, betão, madeira, cerâmica, vidro e gesso cartonado. Além disso, salvo raras exceções, o microcimento Microcrete pode ser aplicado sobre qualquer tipo de superfície (paredes e fachadas, pavimentos, tetos, escadarias, móveis, etc.).

 

3. Quais as principais mais-valias face a outros revestimentos?

São várias as razões que levam cada vez mais pessoas a escolher o microcimento para as suas obras. Destacamos 3 vantagens sobre outros materiais:

– É esteticamente muito versátil, podendo incorporar inúmeras cores e texturas e originar múltiplos tipos de ambientes;

– Cria superfícies contínuas, sem juntas de dilatação, tornando-se um material fácil de limpar e contribuindo para manter os espaços livres de germes e bactérias;

– Pode aplicar-se sobre materiais preexistentes, sem o incómodo de demolições e criação de entulho. Obra limpa, portanto!

 

4. Pode ser usado em superfícies exteriores?

Sim, pode. Características como a impermeabilidade e resistência tornam o nosso microcimento apto a ser aplicado fora de portas.

 

5. Qual a espessura do microcimento?

Este revestimento cimentício apresenta uma baixa espessura (1 a 3 mm) comparativamente a outros materiais (o betão afagado, por exemplo, é uma argamassa com 5 a 7 mm de espessura).

Esta particularidade, aliada ao facto de poder ser aplicado sobre superfícies antigas, faz do microcimento Microcrete um ótimo material a utilizar em renovações. Além disso, pode ser aplicado em pavimentos sem necessidade de mexer na cota das portas.

 

6. Pode ficar manchado?

O efeito mais ou menos manchado pode ser pedido pelo cliente. Aí, adequa-se o microcimento e a técnica de aplicação, de forma a que o resultado seja tão próximo quanto possível do desejado. É importante ressalvar que, sendo um produto natural, barrado in situ, os resultados não são controlados a 100%. Como tal, é recomendável que, antes de aplicar o verniz, se verifique se o efeito é o desejado.

Não sendo o efeito manchado propositado, as manchas poderão ter origens diversas: aplicação sobre paredes tortas, inexperiência da equipa que faz o trabalho, humidade nas paredes, etc.

É ainda pertinente referir que o microcimento selado com cera, em pavimentos, pode ficar manchado, caso não tenha uma correta manutenção (enceramento regular para proteger o piso). Com outras selagens, esta questão não se coloca.

 

7. Como é aplicado o microcimento Microcrete Excelência? Em que momento da obra deverá ser feita a aplicação?

Existe um sistema de 9 passos para a aplicação do nosso microcimento. Este processo deverá ocorrer na última fase da obra, idealmente antes da demão final de pintura.

Se todas as etapas e recomendações forem cumpridas, os resultados deverão ser perfeitos, sem ocorrência de problemas. A Microcrete realiza regularmente workshops nas zonas do Porto e Lisboa, onde poderá aprender a aplicar microcimento de forma profissional.

 

8. Há risco de o microcimento ficar fissurado?

Se o suporte sobre o qual foi aplicado não fissurar, o microcimento Microcrete também não revelará fissuras. Assim, é fundamental preparar corretamente a base.

 

9. No caso de se riscar, é reparável?

Riscos superficiais podem ser eliminados lixando e selando de novo o microcimento. Caso existam fissuras provocadas pela movimentação de paredes ou pisos (em prédios antigos), a reparação implica novo revestimento de todo o plano. Em espaços com muito tráfego, aconselha-se fazer uma nova selagem.

 

10. Qual a durabilidade do microcimento?

Aplicado sobre uma superfície resistente e sem problemas, a resistência do microcimento Microcrete é idêntica à do betão.

 

 11. O microcimento Microcrete é ecológico?

Sim. Com compostos naturais, não tóxico e que permite a “reciclagem” de superfícies preexistentes, o microcimento afirma-se como uma aposta segura no que respeita à sustentabilidade ambiental.

 

Tem outras questões? Temos uma equipa pronta a respondê-las e a apresentar-lhe o incrível mundo do microcimento! Além do microcimento Microcrete Excelência, temos outros produtos que respondem às mais variadas necessidades em revestimento. Fale connosco!

 

QUERO SABER MAIS

 


 

Subscreva o nosso Blog!

Aceito a Política de PrivacidadeDou o consentimento para o tratamento de dados

A Microcrete está comprometida com a implementação do RGPD. Para podermos tratar os seus dados pessoais, necessitamos do seu consentimento. Clique aqui para conhecer a nossa Política de Privacidade.

 

Comentários (0)

Comentar artigo

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*